Ilha e mais ilhas

ilha-do-mel

Preciso de uma ilha para ter equilíbrio.

Preciso de uma ilha para ser.

Não nasci exatamente em uma ilha, mas a Ilha me formou.

Dei meus primeiros passos na areia.

Me perdi no meio do mato.

Descobri mapas de tesouros que ainda não encontrei.

Aprendi a respeitar o mar.

Fugi da mulher de branco.

Temi o padre sem cabeça.

Olhei durante horas a fio a onda quebrar e o vento soprar.

Me enraizei.

A Ilha me deu asas.

Voei.

 

Parênteses

Sempre que escrevo frases que rimam penso num querido professor meu que dizia: quando rima é jacu.

Sou jacu.

Aclarações

Vou participar de um projeto que pensa a ilha, as ilhas. Quem me conhece sabe o quanto isso vem a calhar.

Comentei com Y. que me disse:

– Fácil, você vem de uma ilha.

– Venho?

Olhando pra dentro de mim:

– É, venho.

Moro agora em outra ilha e visitei cinco novas em 2016. Era meu sonho desde criança visitar as ilhas do Pacífico. Jubilei. Ilhas repletas de mistérios, de magia e de barcos de piratas escondidos em algum lugar. Falei um pouco sobre elas no meu photoblog mais ainda não terminei, não deu tempo, faltou algumas.

Percebi agora, enquanto escrevo, que dois artigos desse novo blog, aqui e aqui, tem a Ilha (a minha, com maiúscula sim) no seu título…

É, parece que as ilha me envolvem…

 

 

Anúncios

Publicado por

Marcela Meirelles

2 blogs: - One photoblog in French: https://marcelameirellesphotoblog.com - One blog in Portuguese: https://essacoisadeescrever.com

Deixe aqui sua resposta:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s